Sim, nas leis da reencarnação, quase todos nós,
os filhos da Terra, temos o passado a resgatar,
o presente a viver e o futuro a construir.
Lembremo-nos, assim, de que, nas concessões
da Providência Divina, o nosso mais precioso lugar de trabalho chama-se
“aqui” e o nosso melhor tempo chama-se “agora”.
Detenhamos-nos, por isso,
na importância das horas de hoje.
Ontem, perturbação.
Hoje, reequilíbrio.
Ontem, o poder transviado.
Hoje, a subalternidade edificante.
Ontem, a ostentação.
Hoje, o anonimato.
Ontem, a incompreensão.
Hoje, o entendimento.
Ontem, o desperdício.
Hoje, a parcimônia.
Ontem, a ociosidade.
Hoje, a diligência.
Ontem, a sombra.
Hoje, a luz.
Ontem, o arrependimento.
Hoje, a reconstrução.
Ontem, a violência.
Hoje, a harmonia.
Ontem, o ódio.
Hoje, o amor.
Diz-nos a sabedoria de todos os tempos:
“Ajuda-te que o Céu te ajudará”, afirmativa sublime que nos permitimos
parafrasear, acentuando: “Ajuda-te hoje, que o Céu te
ajudará sempre”.
_André Luiz

Anúncios