Vocês imaginam que a grande da droga da Terra é sem dúvida a ilusão, que nos faz cair em meio a tantos devaneios que somos capazes de ter em relação a vida. Ela bate a porta das nossas vidas de forma sorrateira, pergunta o que queremos para nós, realidade, duras provas, de olhos abertos ou pequenas grandes ilusões; que acalentem as nossas vidas, permeando de menos sofrimento aparente.

Quando Jesus nos falava ou melhor, nos asseverava sobre a trave nos olhos, mas que avistávamos o próximo com grande nitidez, uma dessa premissas é o não enxergarmos a nós mesmos acometidos de tantas ilusões e desilusões.

Esse mal ou essa chaga que domina nossos peitos, nossas vidas há tantos séculos, nos faz crê aquilo que não somos e, temos a certeza absoluta que somos. Em outras palavras o orgulho e o egoísmo, cercado pela vaidade nos leva a nos afastar da realidade da vida, nos fazendo crer, que a superioridade permei nosso ser.

Pobre de nós iludidos, perdidos que estamos fazendo de nossas pobres vidas, nos arrastando para caminhos tortuosos ligados a sensualidade, ao sexo, as drogas, ao ganho fácil, a vida sem respeito ao próximo, as mentiras, para cobrirem nossos erros, quem somos?

O psiquismo envolvente da nossa orbe, ainda mais favorece esses devaneios, forma-se sobre o planeta um psíquico que envolve a maioria dos habitantes, no materialismo imensurável, mas lembro-lhes a todos que lêem que não podemos fazer parte desse todo, se não quisermos, temos o livre arbítrio para caminharmos na doce, segura, realidade, que podemos fazer diferente, seguir a luz do planeta, chamada Jesus e , seus ensinamentos.

Por que sermos iguais a todos e, dizer que está tudo normal, porque sofrer é um preceito de normalidade, porque se iludir com as coisas materiais e, dizer que isso é certo.

Caminhemos irmãos em busca da liberdade interior, para que libertemos o nosso eu interior das dores do mundo passageiro.

Fiquem na paz do amado mestre Jesus.

Olívio Jr.(INSPIRADO)

Anúncios