Infelizmente, o Movimento Espírita está repleto de novidades, e o que é pior, absurdas! Isso, que está vindo das notícias do Congresso que a FEB está organizando agora, para comemorar o Centenário de Nascimento de Chico Xavier, é que, com todas as letras, se pode chamar de antidoutrinário! Vamos ver se alguém, de maneira clara e incisiva, terá coragem de dizer alguma coisa. No entanto, até que os encarnados se mexam, me mexo eu, neste Outro Lado, revirando o esqueleto na tumba…
     — “… respeitar o direito à privacidade pessoal e espiritual de Chico Xavier”?!  O que é isto? De que cabeça partiu isto? Não bastasse o silêncio natural dos mortos, estão querendo amordaçar a boca de Chico?! É isto mesmo ou estou delirando? Estão querendo impedir o espírito de Chico Xavier de comunicar-se?… Socorro! Alguém me acuda!… Isto não é coisa das trevas do Além, não – é coisa das trevas daí mesmo! Tudo bem, que as mensagens sejam analisadas e, para acalmar a turma saudosa da Inquisição, que as páginas consideradas apócrifas possam acender fogueiras, mas, maquiavelicamente, assim como quem não quer nada, censurar a mediunidade, céus!… Alto lá! Foi assim que a Igreja começou, gente! Vocês não se lembram? Com certeza, não querem se lembrar, porque, noutra roupagem, foram os mesmos, não é?! Depois, quando eu digo que a batina está enrolada debaixo das calças, falam que exagero.
     Eu vou escrever algo aqui que há de chocar muita gente, ao ponto de fazê-los arregalar os olhos e dar ligeira mordiscada no beiço: se o espírito de Chico Xavier ficar sabendo dessa traquinagem de autoria desconhecida, conhecendo-o como pude conhecê-lo por quase 50 anos, ele, doravante, há de se comunicar em qualquer terreiro de Umbanda… E fará bem! E, se ele for para lá, irei atrás! Pelo menos lá, o pessoal é mais humilde e sincero.
Nós – os espíritas – estamos precisando criar juízo! Está passando da hora de crescer! Vamos parar de tanto elitismo! E, como se não bastasse, o Congresso é pago! O Chico vai estar lá? Se estiver, dou até a roupa do corpo para entrar e ver o homem que, mesmo deste Outro Lado, não está fácil de ser visto, porque desencarnou e não perdeu a mania de viver na periferia, na companhia dos pobres! Desculpem-me falar nos pobres… Tem espírita que anda com alergia deles!…

Uberaba (MG), 17 de julho de 2009.

Anúncios