Posted: 24 Apr 2010 06:36 AM PDT

 

Às vezes me sinto como a criança que segue solitária pelo caminho, sem perceber os olhos zelosos de Deus acompanhando meus passos, sem me tirar a liberdade para escolher e aprender.

Acreditantando levianamente estar por vezes tão sozinha, deixo meu pensamento teimoso buscar paisagens que ainda não se descortinaram, apesar do meu movimento de seguir em frente.  A vontade de chegar nos destinos vislumbrados quando é tomada pela agitação e impaciência, desnorteia a bússula segura da fé, faz chover no sorriso da esperança.

Nesses momentos, a intercessão divina com sua infinita sabedoria se faz presente das maneiras mais belas e até improváveis.

Às vezes essa ajuda vem em forma de problemas e pessoas que mais parecem bichos venenosos, perigosos e peçonhentos. Mas quando a criança deixa vir à tona seu lado flexível e curioso, se pergunta: para quê? Para quê isso na minha trilha?

Então, os olhos se voltam mais leves para o caminho, mais esperançosos para o futuro. O amor de Deus toca a pontinha do nariz como uma joaninha dançando no vento e o sorriso interior se abre, divertindo com a surpresa. Volta a ser gostoso estar no caminho.

Um beijo

Bia

* Perfume espiritual

Anúncios